Cheque Especial: mudança nas regras prevê que bancos procurem clientes para oferecerem linhas de créditos mais baratas

3 de julho de 2018 | Consumidor |

Novo regramento da Febraban obriga os bancos a fornecerem alternativas ao cheque especial, visando o oferecimento de linhas mais baratas aos consumidores.

A ideia é baratear as linhas de crédito em razão das altas taxas do cheque especial, que produz endividamento em massa da população que dele se utiliza.

A mudança ocorre em razão da pressão do Banco Central, para que os bancos realizassem a auto regulação desse ponto sensível aos consumidores.

É importante lembrar ao consumidor que utiliza o cheque especial, que, caso receba uma comunicação do seu banco, indicando haver a possibilidade de contratação e taxas mais baratas, essa transferência não será automática.

Ele deve ir imediatamente à agencia bancária solicitar a transferência do seu débito para uma linha de crédito mais “barata”, para que não mais incidam os juros exorbitantes do cheque especial.

Caso o banco não tenha uma linha de crédito melhor para apresentar ao consumidor, esse pode se valer da portabilidade e buscar um banco que tenha uma melhor taxa, transferindo o seu débito.

     NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

     AS MAIS LIDAS

Shares