TST considerou a terceirização de fisioterapeutas em hospital prática regular

20 de maio de 2018 | Trabalhista |

Na decisão constante do Recurso de Revista com Agravo de nº TST-ARR-1445-89.2013.5.10.0003 , o TST entendeu não ser a atividade do fisioterapeuta “atividade fim do hospital”, aplicando-se a Súmula 331 do tribunal, que alude à licitude da terceirização de serviços ligados à atividade meio do tomador, nos casos em que não estejam presentes a pessoalidade e a subordinação direta.

     NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

     AS MAIS LIDAS

Shares